terça-feira, 29 de dezembro de 2009

SERES CELESTIAIS!

.


Quando caminhamos pela existência humana, encontramos diversos tipos de pessoas, algumas consideramos más, outras benevolentes, tudo baseado em nossa concepção de certo e errado, de bem e de mal, de justo e não justo.
Ao observarmos os astros no céu, podemos verificar a semelhança com nossa própria forma de ver e interagir com o mundo e as pessoas ao nosso redor.

Há os seres humanos Lua, aqueles que são mais discretos e dispõem de uma luminosidade prateada, não nos ofuscam a visão, não precisamos utilizar um óculos para protegermos a retina, no entanto acalentam nossas almas apenas com sua presença, hora são Lua cheia e se fazem presentes em toda a sua complexidade, hora estão mais para minguante o que nos faz até pensarmos que por não estarem tão presentes, não nos tem em um lugar especial em seus corações, daí podemos até nos entristecer um pouquinho, porém em uma outra noite aparecem revigorados e transformados, preenchendo nossa existência de alegria novamente; estão sobre o estado de Lua nova.

Há os seres humanos Estrelas, brilham no universo de nossas vidas, enfeitam nossos céus em noites sem Lua e vezes por outra despontam no entardecer de nossa existência, nos enchendo de esperança através de um sorriso, uma lágrima sincera ou simplesmente por estarem lá... E sabemos aconteça o que acontecer que não nos deixarão sem um norte.
Assim como uma estrela guiou um casal pelo deserto há 2000 anos, nos guiam para longe das armadilhas de nossos egos e dos labirintos da vida moderna, rumo ao nosso plano existencial.
Às vezes gostaríamos que essas estrelas viessem para um jantar à luz de velas ou para um aconchego de um abraço... No entanto são estrelas e como tais, cumprem sua função para com o universo.
Podemos observá-las e sermos por elas observados, porém jamais poderemos tocá-las.

Há os seres humanos Planetas, dispõem de suas próprias órbitas, porém circulam em torno de um Sol. Estes são sólidos, podemos contar para o que der e vier, desde que tenhamos a humildade de viajarmos até sua órbita, pousarmos em seu solo e solicitarmos sua ajuda.
Quando temos esta atitude, como todo planeta, nos acolhe em seu próprio universo e coloca-se ao nosso dispor, podemos nos banhar no oceano de sua sabedoria, nos aquecer sobre o solo de suas experiências e nos proteger do frio em suas regiões mais abrigadas.
Empenham-se em nos receber e ajudar da melhor forma que dispõem, colocam todos os seus recursos naturais ao nosso dispor e podemos ficar enquanto precisarmos, com o ser planeta, encontramos um aliado para grandes batalhas, conversas longas para enigmas existenciais e vinho em torno da fogueira, porém devemos ter a sabedoria de respeitar sua qualidade de planeta.
Planetas não podem sair de sua órbita, pois isso implicaria em mexer com os micros e macros universos que dependem de uma posição ao Sol, portanto estarão sempre dispostos a nos proteger e abrigar, mas não poderão deixar sua posição no universo para seguir conosco em nossa jornada...

Há os humanos Sol, brilham com tanta intensidade que não podemos muitas vezes olhar diretamente para seu núcleo sob o risco de ferirmos a janela de nossas almas, esses seres nos aquecem, confortam e nos ajudam tanto com um amanhecer sublime como com um entardecer divino, hora são crianças, hora são românticos, hora são severos e sob o calor de sua visão podem até não nos dizer o que gostaríamos de ouvir, mas certamente nos dirão o que precisamos ouvir.
Nas aventuras mais longínquas estarão conosco sob a forma do Sol de meio dia: forte, supremo e inexoravelmente amigo, porém nem sempre concordarão conosco; atitude inerente à posição do Sol que por sua função no universo vê mais longe que qualquer um, conhece mais seres que qualquer um e compreende o tempo de cada coisa embaixo de seus olhos.
Pessoas Sóis, nos inspiram ir adiante... em nossa própria jornada, não nos acusam ao tentarmos mudar nossa trajetória existencial, mas sim nos acompanham mesmo que de longe, aquecendo-nos quando necessário, amanhecendo conosco quando só estivermos, e nos mostrando que há um novo dia, uma nova chance, um novo mundo a ser descoberto e que nada sob seus olhos é imutável.
Quando necessitamos de um ombro amigo, uma conversa verdadeira e um abrir de coração sincero, podemos contar com os Sóis de nossas existências, no entanto devemos ser generosos, sabendo que o Sol é de todos e não apenas nosso, por mais que tenhamos vontade de que ele só brilhe ao nosso redor, sua função para com o universo é aquecer a todos e não somente a um escolhido.
Compreendendo a função do ser humano Sol, podemos contar com uma fonte inesgotável de energia, força, confiança e cumplicidade.
— Sua função é nos iluminar e não viver nossos sonhos e necessidades por nós.
Seres humanos Sóis, não perdem tempo julgando e/ou fazendo idéias dos outros, eles simplesmente aquecem nossos corações quando necessitamos.

Há os seres humanos Cometas...
Viajam por todo o universo a procura de novas experiências, novas circunstâncias, novas realizações!
Não dispõem de uma órbita própria, não geram ou alimentam oceanos e vida vegetal ou animal, no entanto seu núcleo é de gelo; e gelo é água, e água puro sentimento...
Vezes por outra cruzamos com um ser cometa, ele vem com a força de uma entidade celestial, clareia a noite sem luar de nossas existências, nos trás boas novas de mundos distantes, quebra antigos conceitos, abre nossas mentes com questões nunca antes imaginadas e dispõem de um sorriso tão encantador que temos a vontade de ficarmos sempre sobre o efeito do mesmo.
Cometas servem como bons companheiros de jornada, desde que você esteja indo na mesma direção que ele, cometas não embarcam em jornadas alheias por terem sua própria viagem, sua própria rota; que muitas vezes por mais paradoxal que possa ser, é não ter uma rota definida.
Ao cometa atribuímos a alegria de novas idéias, as histórias de mundos distantes, ele tanto nos traz novos elementos para caminharmos em nossa própria existência com mais consciência, como levam consigo as idéias antigas e obsoletas.
Vivem entre um mundo mais evoluído e um menos, trazem para os menos o que descobriu em um mais elevado e leva para um mundo menos elevado o que descobriu conosco e não nos serve mais.
Seres cometas são desprovidos de pré-conceitos por saberem verdadeiramente a única verdade que há: não existe verdade absoluta.
Quando chegam, despertam alegria e o que temos de melhor, porém quando partem nos deixam a nostalgia de sua magnífica presença.
Cometas seguem sempre rumo ao desconhecido, sempre em busca de algo mais e nunca, nunca pararão em lugar algum, pois se o fizessem, não cumpririam sua função com o criador e perderiam assim sua capacidade de cometa.

Ao longo de minha própria caminhada nesta existência, conheci pessoas de todas as características, muitas vezes não tive a sabedoria de saber como lidar com suas poderosas presenças em minha vida, no entanto, reconheço suas contribuições inestimáveis para minha própria jornada e agradeço a todas: Luas, Estrelas, Planetas, Sóis e Cometas que mesmo frente à minha ignorância, continuaram me iluminando e ajudando, a fim de encontrar minha própria função com o universo.

Texto de Rogerio Ribeiro

Quando li este escrito, identifiquei várias pessoas que são vários seres celestiais em minha vida... Aí precisava compartilhá-lo com vocês que estão sempre por aqui, passando o ano aqui comigo, lendo e vendo muitas vezes minhas loucuras, rs e que AMO MUITO, podem acreditar, AMO mesmo! :o)

UM FELIZ ANO NOVO!
Que 2010 seja um ano de novos ciclos, que tenhamos a sabedoria de preencher mais um ano de existência com vida, amor e sentimentos! Que venha com dias iluminados, coloridos e acima de tudo CRIATIVOS!!!

Beijocas de renovações, Adliz!

17 comentários:

  1. Que texto lindo, rico, criativo!!!
    Só você mesmo pra colocar algo assim, hein D. Adliz?
    Você é demais e foi uma das preciosidades que encontrei neste ano!
    Seu trabalho é demais!!!Sua criatividade magnífica e sua alegria, alto astral contagiantes!!!Permaneça sempre assim!
    Deus te abençoe, guie, ilumine em 2010!!!
    Muita paz, saúde, amor, alegria e por aí vai!!
    Feliz ano novo!!!
    eijos, com muito carinho!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo texto, Adliz!
    Dê meus parabéns ao Rogério!!!
    Me identifiquei com a lua e identifiquei muitas pessoas também!
    Já estou no Rio, mas ainda sem internet... vou te ligar no início de janeiro, ok?!!
    Beijos e ótimo 2010!!!

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto!!!! Vai para o meu caderninho! Feliz ano novo para vc e sua família (inclusive o gato)! Um 2010 cheinho de coisas boas!!!!

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo amiga...gostei muito...beijos....feliz ano novo....

    ResponderExcluir
  5. Adliz, que em 2010 vc continue brilhando como fez em 2009, e que a realidade supere as expectativas!!

    Bjão, espero que em 2010 possa te conhecer pessoalmente!

    ResponderExcluir
  6. Passei para lhe desjar um feliz 2010, bjs.

    ResponderExcluir
  7. Meu eu blog é espetacular, show not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e um feliz ano novo que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    UM grande abraço e tudo de bom
    Ass:Rodrigo

    ResponderExcluir
  8. Adliz querida!!!!!
    Quero te desejar um SUPER 2010!!!
    E quem sabe a gente não se cruza para um café????????
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Adliz querida!!! amei o texto!!!
    Parabéns ao Rogério e obrigada por dividir conosco!!
    Querida, passei aqui pra te desejar um ANO NOVO, lindo, colorido, divertido e cheio de scrap pra você!!!
    love you!!

    bjsssss

    megui

    ResponderExcluir
  10. Adlizzzz!! Eu sou doidaaaaaaaaaa pra conhecer vc!! Vc deve ser incrível!! Eu acho que vc é!! Eu amoooooo seus trabalhos!! NOssaaaaa!! É tudo muiiiiito lindo!!! Desejo tudo de bom pra vc em 2010, e muiiiiito scrap perfeitoooo, coisa que vc sabe fazer perfeitamente!! rsrsr... muita felicidade tbm!! Bjosss

    ResponderExcluir
  11. Oiii, sim, tbm nao conheço voce..achei vc em algu lugar da internet, e nao posso deixar de dizer que gostei do jeitinho original do blog. To começando agora(fiz meu primeiro post em 1° de janeiro)...ainda estou um pouco leiga em blogar. quem sabe eu consiga crescer no meu bloguiinho. se puderes, me dá umas dicas de como personalizar um blog, ja fui em tanto site e to so apanhando, nem ao menos um contadorziinho eu consigo botar.. ai ai ai
    ah, texto liindo! feliz ano novo p vc!!

    prazer, claro... susana

    ResponderExcluir
  12. Que texro fantástico!
    amei!

    Passando pra te desejar um 2010 de muito sucesso e cheios de conquistas e realizações!
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto, Adliz!!!!
    FELIZ 2010, amiga! Tudo de melhor para vc.

    Mil beijocas

    ResponderExcluir
  14. Adliz!! A quanto tempo!!! Texto maravilhoso para iniciar o ano!! Um 2010 pleno de realizações pra vc!!

    Bjcas

    ResponderExcluir
  15. Oi, Adliz!
    Belo texto! Eu já fui cometa, agora tô mais pruma mistura de lua e planeta... Como foi de festas? Espero que bem!
    Feliz Ano Novo!
    Beijins!

    ResponderExcluir
  16. Que lindo,Adliz!
    Obrigada por compartilhar
    Desejo tudo de melhor para vc
    e que vc brilhe sempre, sempre e cada dia mais.
    Bjnhus

    ResponderExcluir
  17. Amanda Magalhães5 de março de 2010 10:36

    Você é pura alegria!
    Ainda bem que você existe e irradia amor para todo mundo.
    Eu entro no seu blog e fico horas lendo tudo que você posta, e saio cheia de inspiração e me sentido super bem.
    Foi um prazer te conhecer virtualmente.
    Fique na luz e brilhe ainda mais!

    ResponderExcluir

UEBAAAAA, comentário novo, ADORO!!!! Obrigada e beijinhos!